segunda, 07 de agosto de 2017 - 14:55h
Governo avança na implantação de unidade da Casa do Artesão em Mazagão
Exposição e venda de artesanato vão ocorrer no prédio do antigo Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Mazagão Novo.
Por: João Clésio
Foto: Ascom/Sete
Secretária do Trabalho, Luciana Araújo, reuniu com artesãos de Mazagão para tratar do assunto

O município de Mazagão, na região Sul do Estado, está bem próximo de ganhar uma unidade da Casa do Artesão para expor e comercializar a produção local. O assunto foi novamente tratado em reunião ocorrida no dia 5 de agosto, entre a categoria e os técnicos da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete).

A unidade funcionará no antigo prédio do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que pertencia à Secretaria de Turismo (Setur) e foi repassado para a Sete. Os artesãos demonstraram interesse e utilizar o espaço. “Eu tenho uma produção bastante grande de peças em madeira, mas o problema é que, aqui em Mazagão, não temos um ambiente estruturado para expor nosso trabalho. Creio que a iniciativa do Governo do Estado em reabrir no CAT para funcionar como um anexo da Casa do Artesão é bem-vinda”, comentou Orivaldo de Oliveira de Brito, presidente da Associação dos Artesãos de Mazagão Novo.

Ezequiele Lima de Moraes, da Associação Maracá e Cunani, tem a mesma avaliação. “Será uma grande conquista para nós artesãos ver o espaço com nossas peças expostas e as pessoas que visitam o município comprando”, esperançou-se.

O prédio precisa passar por alguns reparos na estrutura física para entrar em funcionamento. A previsão é que abrigue em torno de cinco mil peças em madeira, cerâmica, fibra, talas, cipó, manualidades (panos, bonecas etc.) e camisas. Somente em Mazagão Novo existem cerca de 70 artesãos em atividade.

Os profissionais e os técnicos da Secretaria do Trabalho agendaram para o dia 21 de agosto um novo encontro para fechar os últimos detalhes da implantação da unidade da Casa do Artesão. “O município passou a receber um número grande de pessoas, principalmente nos fins de semana, com a abertura da ponte do Matapi. Um exemplo claro foi durante a Festa de São Tiago. Muitas pessoas vêm a passeio para conhecer a cidade, sua cultura, costumes, etc. E uma das formas de visualizar tudo isto é por meio do artesanato”, analisou Luciana Araújo, secretária do Trabalho e Empreendedorismo.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá