segunda, 07 de agosto de 2017 - 12:03h
Turma de mestrado em Planejamento e Políticas Públicas inicia nesta segunda-feira
Além de viabilizar o curso, o Governo do Amapá também oferece financiamento do mestrado por meio de sua agência de fomento.
Por: Paula Monteiro
Foto: Erich Macias/SEED
Aula inaugural aconteceu na Escola de Administração Pública do Amapá.

Iniciou-se nesta segunda-feira, 7, o mestrado em Planejamento e Políticas Públicas, promovido pelo Governo do Amapá. A oportunidade faz parte do Programa de Valorização dos Servidores do Estado do Amapá e terá duração de 24 meses, por meio de orientações e qualificações feitas a distância para 40 pessoas.

O curso é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) com a parceria da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e as aulas acontecem na Escola de Administração Pública do Amapá (EAP). Esse é o segundo mestrado, na área, ofertado pelo Estado.

Para cursá-lo, os mestrandos passaram por avaliação documental, prova dissertativa, análise do Currículo Lattes, entrevista e avaliação do anteprojeto de dissertação. A formação desenvolve competências em Avaliação de Instituições, Programas e Projetos Educacionais; Resgate de Experiências Exitosas na Área da Educação Formal e Informal e Desenvolvimento de Tecnologias Sociais.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, participou da aula inaugural do mestrado e ressaltou a importância da capacitação para a formação dos profissionais dedicados às políticas públicas em prol da coletividade. “Daqui, sairão profissionais imponderados para atuar em políticas públicas com qualificação e seriedade em benefício da qualidade de vida da população”, disse.

O coordenador do programa que oferece o mestrado da Uece, Orácio Frota, afirmou que o curso é importante para a região e que proporcionará mais qualificação aos profissionais. “O mestrado é plural e busca desenvolver competências fundamentais para este profissional. Estamos cada vez mais com o olhar voltado para o Amapá e acompanhando as necessidades de sua realidade”, afirmou.

Financiamento

Os mestrandos tiveram a oportunidade de contar com o financiamento do curso por meio da Agência de Fomento do Amapá (Afap), instituição financeira do governo do Estado, que poderá fomentar até 100% do valor total do curso - R$ 23,5 mil. Os mestrandos puderam parcelar o financiamento em até 36 vezes de R$ 849.

A pedagoga Elaine Silva, de 27 anos, aproveitou essa chance para adquirir mais conhecimento. “Nós, educadores, precisamos estar em constante atualização. O financiamento é uma oportunidade de conseguirmos essa capacitação e ajuda muito a alcançar meu objetivo”, finalizou.  

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá