terça, 07 de março de 2017 - 18:07h
Governo apresenta projetos habitacional e de urbanização em áreas do Perpétuo Socorro
Uma das áreas é a que deixou dezenas de famílias desabrigadas, após incêndio em 2013
Por: Lilian Guimarães
Foto: Wenndel Paixão
A comunidade assistiu, atentamente, a apresentação do projeto de construção das habitações

Dezenas de famílias dos bairros Perpetuo do Socorro e Cidade Nova tiveram a oportunidade de conhecer nesta terça-feira, 7, no Palácio do Setentrião, os projetos de edificação de unidades habitacionais que serão construídas em seis áreas localizadas nos dois bairros. Uma delas a área onde ocorreu, em 2013, um incêndio que desabrigou quase 400 famílias e destruiu 250 casas no bairro Perpétuo Socorro, em Macapá.

Empolgada, a comunidade assistiu atentamente a apresentação do secretário de Estado das Cidades, Alcir Matos, que explicou os projetos que preveem a construção de 500 unidades que beneficiarão famílias que vivem atualmente em conglomerados e situações que representam riscos de outros sinistros.

“São seis áreas nestas duas comunidades que possuem uma densidade demográfica extremamente alta em relação ao restante dos bairros. Isto coloca em risco essas famílias, pois em casos de outro sinistro, poderia ocorrer uma tragédia muito maior, em razão das passagens de acesso a esses locais serem muito estreitas, em alguns casos, de menos de um metro”, detalhou Alcir Matos.

O sonho da casa própria e principalmente de um lugar que proporcione qualidade de vida, emocionou Márcio Clay Tavares, que falou em nome dos moradores presentes. “Colocaram nosso sonho no papel e a alegria é tremenda em poder acompanhar este processo, sabendo que o governo está se preocupando a gente e este projeto se tornará realidade”, agradeceu o morador do Perpetuo Socorro, Márcio Clay.

Em outra vertente, um projeto de tamanha importância sopra bons ventos para o comércio. Elicarlos Araújo, que falou em nome dos empreendedores do bairro, não economizou empolgação. “É exatamente disso que estamos precisando. Quando algo é construído junto com a comunidade, não tem erro. Não temos dúvida que esse habitacional trará um retorno extremamente positivo para população do nosso bairro e para o comércio local”, compartilhou Elicarlos.

Captação de recursos
No próximo dia 14, o governador vai à Brasília, acompanhado de uma equipe técnica do setor de Habitação. Com apoio da bancada federal, ele vai apresentar diversos projetos para garantir moradias em três municípios do Estado: Macapá, Santana e Oiapoque. Entre esses projetos, está o do Perpétuo Socorro. A agenda ocorre no Ministério das Cidades.

Os recursos pretendidos são do Programa Minha Casa, Minha Vida, cuja terceira fase foi lançada recentemente pelo Governo Federal. A nova versão passou a ter novas regras, principalmente de cotas e contemplação. O programa agora tem novas faixas de prioridade e abertura para alguns critérios sociais como renda e contingente familiar. Nesta edição, o programa só terá orçamento para 100 mil unidades habitacionais em todo o país, com cotas definidas por região. Contudo, segundo o chefe do Executivo, existem grandes chances de captação de recurso junto ao Ministério das Cidades para o projeto do Perpétuo Socorro e Cidade Nova.

“Em função do caso ser uma “demanda fechada”, a classificação habitacional na qual os futuros moradores já convivem num mesmo ambiente, o que reduz possíveis conflitos de convivência em função da realidade deles ser a mesma, nossa chance de captação de recurso é muito boa. Optamos por projetos pequenos, mas, que tenham grande impacto junto a sociedade, pois nosso objetivo é fazer de maneira ordenada, organizada e muito bem projetada com os devidos equipamentos sociais”, destacou o governador Waldez Góes.

Habitações
Cada moradia terá sala, cozinha, área de serviço, banheiro e dois quartos. Os blocos multifamiliares terão dois pavimentos, (térreo mais um). Algumas unidades serão dotadas de acessibilidade para pessoas com deficiência.

Na área do incêndio a urbanização planejada abrange: vagas de estacionamento no entorno, áreas verdes com espaços de convivência, academia ao ar livre, quadra poliesportiva, playground, sistema de drenagem e de esgoto, nova rede de Iluminação pública. A feira localizada na área do entorno do incêndio também será revitalizada.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá