quarta, 17 de maio de 2017 - 19:34h
Museu Fortaleza recebe formatura do Exército e exposição do MIS
Homenagens a Cabralzinho e exposições fotográficas marcaram a manhã desta quarta-feira, 17, na Fortaleza de São José de Macapá.
Por: Da Redação
Foto: Maksuel Martins
A formatura contou com a exposição do uniforme e do quadro de Francisco Xavier da Veiga Cabral, o Cabralzinho

O Museu Fortaleza de São José de Macapá sediou na manhã desta quarta-feira, 17, dois eventos simultâneos: uma formatura do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), alusivo às comemorações do Dia de Cabralzinho, celebrado em 15 de maio no Amapá, e uma exposição do acervo do Museu da Imagem e do Som (MIS), pela 15ª Semana Nacional de Museus que traz como tema “Museus e Histórias Controversas: dizer o indizível em museus”.

A formatura do Exército contou com a exposição do uniforme e do quadro de Francisco Xavier da Veiga Cabral, o Cabralzinho. As peças foram cedidas pelo Museu Joaquim Caetano da Silva e é a segunda vez que a parceria acontece.

Durante o evento, o comandante do 34º BIS, coronel Robson Matos, fez uma menção elogiosa à Guarda Territorial (GT), que foi a primeira corporação que atuou na segurança pública do Amapá, quando era Território Federal. Os antigos integrantes ganharam um espaço dentro da Fortaleza de São José de Macapá onde trabalham voluntariamente como sentinelas do museu, há três anos. Eles foram convidados para a solenidade de formatura do Exército. A Fortaleza era o local onde funcionava o comando da GT, quando ela existia.

Homenagem

Cabralzinho é considerado herói para o Exército Brasileiro porque, segundo historiadores, ele foi o responsável por repelir uma invasão francesa no dia 15 de maio de 1895, na então Vila de Amapá. “Veiga Cabral sempre esteve presente na nossa história. Ele é um herói que o exército exalta e tem tudo a ver com a missão, história e atributos que a corporação comunga”, destacou o coronel Robson Matos.

O fato histórico teve repercussão internacional e se tornou importante porque, apressou a resolução da questão do Contestado do Amapá (disputa de limites envolvendo França e Brasil). Por ter defendido a Vila de Amapá, Cabralzinho foi consagrado herói nacional pelas Forças Armadas, que lhe deram o título de General Honorário do Exército Brasileiro e pela Maçonaria, da qual era membro.

O histórico personagem leva o nome de uma praça no Centro da capital amapaense com uma estátua dele, o nome de um bairro na zona oeste de Macapá e outra estátua na entrada do município de Amapá, onde ocorreu o episódio.

Semana dos Museus

Além da formatura solene, outro espaço do Museu Fortaleza abriga uma exposição do Museu da Imagem e do Som que permanecerá até o dia 21 de maio. São câmeras antigas fotográficas e de filmagem e fotos do marabaixo, símbolo da cultura afro do Amapá. A gerente do MIS, Rose Miranda, informou que o Exército irá doar o seu acervo fotográfico para a instituição.

GALERIA DE FOTOS
GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá