sábado, 18 de março de 2017 - 09:48h
Governador reúne com vereadores de Vitória do Jari para tratar de demandas do município
Saúde, infraestrutura, rede de abastecimento de água e segurança pública foram algumas das pautas do encontro.
Por: Eloisy Santos
Foto: Marcelo Loureiro
Governador Waldez Góes e os representantes do município discutiram soluções para os problemas apresentados

Na tarde de sexta-feira, 17, o governador Waldez Góes recebeu no Palácio do Setentrião oito vereadores de Vitória do Jari. Na oportunidade os parlamentares expuseram as demandas mais urgentes do município. Articulada pelos deputados Charles Marques (PSDC) e Raimunda Beirão (PMB), a reunião possibilitou uma visita técnica de equipe de governo ao município, marcada para a próxima quinta-feira (23).

Os vereadores de Vitória do Jari trataram de pautas como, a expansão da rede de abastecimento de água até o bairro Santa Clara; reforma da passarela José Simião, uma das principais do município; manutenção efetiva da rodovia AP-160, que liga Vitória a Laranjal do Jari; reforma e aparelhamento na Unidade Mista de Saúde do município; aumento do efetivo de policiais civis e militares; e reativação do matadouro do município, que está desativado.

O governador Waldez Góes respondeu as questões relacionadas à segurança pública, rodovia e matadouro. “A nossa intenção é incluir, à médio prazo, a rodovia AP-160 dentro da estratégia que temos para todo o estado, onde já estão inseridas outras regiões como Pracuúba, Amapá, Itaubal, Mazagão, Cutias e São Joaquim do Pacuí. Estamos buscando garantir a infraestrutura viária nas rodovias estaduais, faltando concluir o plano rodoviário. Vamos estudar a problemática da AP-160 para tentarmos resolver no verão, quando se torna mais viável o trabalho”, pontuou o governador.

Quanto à questão da segurança pública no município, Góes frisou que não há como deslocar maior efetivo de policiais de forma definitiva para o município. Mas uma estratégia pensada para sanar a carência não só neste, como em outros locais do estado, é disponibilizar vagas do concurso público previsto para ocorrer ainda este ano, de acordo com a demanda de cada região. Como alternativa de curto prazo, o governador garantiu que solicitará ao Comando Geral da Polícia Militar (PM), o envio de operações especiais a Vitória com certa frequência.

A saída encontrada na reunião para a problemática do matadouro, é que uma empresa privada assuma a responsabilidade da construção e funcionamento do local, desde que cumpra as regras e normas previstas pela Vigilância Sanitária.

Também estiveram presentes o titular da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), João Henrique Pimentel; o gestor da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Valdinei Amanajás; a coordenadora de Assistência Hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Hely Góes; e representantes da Coordenadoria Regional de Saúde. Cada representante de governo expôs possíveis soluções, dentro de suas responsabilidades, às problemáticas apresentadas pelos parlamentares do município.

A coordenadora de Assistência Hospitalar, Hely Góes, que representou a Sesa no encontro, expôs alternativas para garantir que a população seja atendida na Unidade Mista de Saúde de forma satisfatória, uma vez que, segundo os vereadores, os plantões médicos ocorrem somente de forma diurna durante a semana. À noite e aos fins de semana a comunidade fica desassistida.

“Podemos tentar implantar um modelo adicional de plantão, onde o médico fica de sobreaviso de forma presencial. Tentaremos ainda levar mais um médico para o município, o que é um desafio”, comentou a coordenadora.

O titular da Seinf, João Henrique Pimentel, foi autorizado pelo governador Waldez Góes a realizar uma avaliação na passarela José Simião, que, segundo os parlamentares, está sem condição de tráfego e deve ser reconstruída. Caso o projeto de execução da passarela esteja completo, será feito um convênio para execução da obra.

Sobre o abastecimento de água na região de Santa Clara, o gestor da Caesa, Valdinei Amanajás disse que enviará uma equipe na próxima terça-feira, 21, para uma visita técnica no local. “Precisamos verificar se é um problema somente de tubulação ou se há necessidade de colocar motobomba, pois aumentará cerca de três quilômetros de rede. Este trabalho pode ser concluído em uma semana”, frisou.

O presidente da Câmara Municipal de Vitória do Jari, Ary Duarte, avaliou o encontro de forma positiva e acredita que a população ficará satisfeita com os encaminhamentos alcançados. “Foi um encontro produtivo e importante. Viemos de lá com a reivindicação da comunidade e saímos com algumas decisões de ações que serão tomadas pelo Governo do Estado e que certamente irão corresponder à população. É uma parceria que renderá bons frutos à população de Vitória do Jari”, comemorou o parlamentar.

Visita técnica

Na próxima quinta-feira, 23, uma equipe de governo, com representantes da Seinf, Sesa, Caesa, Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Diagro) e Secretaria de Estado de Transportes (Setrap), seguirá a Vitória do Jari, para visita técnica aos locais onde encontram-se os problemas apontados na reunião. A partir do levantamento, serão articuladas as resoluções das demandas.

Na reunião também foi marcada a data de inauguração do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) de Vitória do Jari. A cerimônia deve ocorrer no dia 14 de abril, com a presença do governador.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá