terça, 21 de março de 2017 - 12:00h
Número de acidentes em relação a 2016 cai nas rodovias estaduais
Dados do BPRE apontam, até o momento, 27 registros de acidentes de trânsito. No mês de março de 2016, houve 70
Por: Eloisy Santos
Foto: Secom
Fiscalizações contínuas e maior conscientização de condutores são fatores que resultam nos bons índices

O Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) divulgou o número de acidentes registrados nas rodovias estaduais do Amapá, neste mês de março. Até esta terça-feira, 21, foram registrados 27 acidentes, todos sem vítimas fatais.

O total de acidentes ocorridos no mesmo mês do ano passado, de acordo com o banco de dados do Batalhão somam 70, sendo três com perdas humanas. No ano de 2015 houve 6 registros com vítimas fatais.

O comandante do BPRE, capitão Rondinele Marques, considera o ano de 2017, até o momento, positivo e relaciona os dados às constantes e efetivas fiscalizações e abordagens realizadas, mas também ressalta que a conscientização dos condutores é um fator contribuinte para a redução de acidentes.

“Desde o mês de fevereiro estamos em uma decrescente. Em seis dias de carnaval por exemplo, quatro acidentes foram registrados, sem vítimas fatais. Tudo indica que fecharemos o mês de março com índice abaixo do mês passado”, pontuou Marques.

Segundo registros feitos pelo Batalhão neste fim de semana (17, 18 e 19 de março), as equipes realizaram 658 abordagens nas rodovias estaduais, sendo 422 a carros e 236 a motos. Em decorrência destas abordagens, foram autuados 38 condutores por dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir. Ainda houve 16 autuações por não uso de cinto de segurança e 24 condutores foram identificados com veículos não licenciados.

Foram realizados ainda, neste fim de semana, 17 testes de alcoolemia. Destes, 16 condutores estavam sob efeito de álcool e 2 foram apresentados ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval, pelo crime de embriaguez ao volante.

“Dentre o total de infrações cometidas pelos condutores e constatadas pelo BPRE, cerca de 15% relaciona-se a dirigir sem CNH ou permissão, o que corresponde à descumprimento do artigo 162 do Código de Trânsito Brasileiro. Ainda há condutores que somam a isso, o consumo de bebida alcóolica. Mas a gente tem intensificado, principalmente aos fins de semana o combate à alcoolemia com o uso do etilômetro”, destacou o comandante.

Outros 67 condutores foram autuados neste fim de semana por demais descumprimentos ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e uma pessoa também foi apresentada ao Ciosp por não estar cumprindo medida judicial.

Faróis ligados
Mediante a obrigatoriedade, desde o fim de 2016, do uso de farol baixo nas rodovias do estado (e do país) durante o dia, o capitão ressalta que, apesar de certa resistência dos condutores no início, agora a aceitação e cumprimento é quase unânime.

“Quem se utiliza das rodovias percebe que são poucos os condutores que não acendem os faróis durante o dia. Me atrevo as dizer que 95% das pessoas já criaram o hábito e cumprem a medida. Vale frisar que a finalidade desta prática é a garantia do poder de visibilidade do condutor. Há estudos, inclusive, que comprovam a eficácia desta prática na prevenção de acidentes frontais”, finalizou.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá