quarta, 26 de outubro de 2016 - 16:13h
Parceria entre Sete e Sebrae qualifica mulheres do projeto Ecoart Sacolas Ecológicas
Treinamento envolve orientações sobre Gestão e Planos de Negócios, Associativismo e Economia Solidária
Por: João Clésio
Foto: Ascom/Sete
Secretário da Sete, Alex Pereira, Isana Alencar, diretora técnica do Sebrae e João Alvarenga, superintendente do Sebrae Amapá na assinatura da parceria
Trinta e nove mulheres de Grupos Econômicos Solidários vão participar, na segunda quinzena de novembro deste ano, de palestras sobre Gestão e Plano de Negócios, Associativismo e Economia Solidária. O treinamento é uma continuidade do projeto Ecoart Sacolas Ecológicas e será aplicado por técnicos do Sebrae Amapá, por meio de parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete).
 
O acordo foi fechado em reunião realizada nesta quarta-feira, 26, entre o secretário da Sete, Alex Pereira, e o superintendente do Sebrae, João Alvarenga. A instituição havia doado lonas de campanhas publicitárias e outras ações para a confecção de sacolas ecológicas. O objetivo é proporcionar mais conhecimento as mulheres envolvidas no projeto.
 
“É um projeto que temos todo o interesse em cooperar, uma vez que tem um foco ecológico com o reaproveitamento das lonas. Isto gera um impacto positivo ao meio ambiente. Outro ponto importante é a geração de renda. Com certeza, a qualificação que será aplicada pelo Sebrae vai dar um novo olhar a estes grupos solidários”, afirmou João Alvarenga.
 
A primeira etapa do projeto Sacolas Ecológicas ocorreu no primeiro semestre deste ano em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Um desfile com a apresentação de sacolas e bolsas confeccionadas marcou encerramento do treinamento.
 
O projeto Ecoart Sacolas Ecológicas foi desenvolvido pela Secretaria de Trabalho, através do Núcleo de Associativismo e de Economia Solidária. Teve como base uma pós-graduação da servidora da Sete, Ângela Maria Guedes da Silva.
 
Para o secretário de Trabalho, Alex Pereira, é preciso incentivar cada vez este tipo de empreendimento. “É uma orientação do governador para que sejam desenvolvidos projetos que gerem emprego e renda. O Ecoart é um dessas ações”, finalizou o secretário.
GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá